No verão, costumamos aproveitar para ir à praia ou para tomar banho de rio ou de piscina, não é mesmo? Mas essa época do ano também traz preocupações: é nessa época que doenças como Dengue, Zika e Chikungunya costumam aparecer com mais força. Por isso, neste post vamos mostrar a diferença entre essas três doenças e esclarecer como se prevenir.

Prevenção

A principal semelhança entre Dengue, Zika e Chikungunya é o vetor de transmissão dos vírus dessas doenças: o mosquito Aedes Aegypti. Esse mosquito, que mede até 1 cm, tem hábitos diurnos, aparecendo especialmente no amanhecer e no entardecer, e tem o corpo e as pernas pretos com manchas brancas. Além disso, uma informação importante sobre esse mosquito – e que você provavelmente já sabe – é que ele gosta muito de água limpa e parada para se reproduzir.

Assim, a melhor forma de prevenção dessas três doenças é a extinção de criadouros do mosquito. Para isso, diversas medidas podem ser tomadas, tais como:

  • manter as lixeiras de casa ou do condomínio sempre bem tampadas;
  • não acumular pneus ou garrafas vazias e, se o fizer, certificar-se de que as garrafas fiquem sempre tampadas e os pneus sempre protegidos da chuva;
  • colocar telas bem finas ou manter vedados os ralos não utilizados da casa;
  • manter as lajes e as calhas sempre limpas e sem objetos ou folhas que possam acumular água;
  • manter a piscina sempre limpa, utilizando cloro para tratar a água periodicamente e, sempre que possível, deixá-la coberta se não estiver em uso;
  • lavar as vasilhas de água dos animais de estimação ao menos duas vezes na semana;
  • manter em dia a limpeza de ambientes externos de casas, condomínios e empresas, a fim de evitar acúmulo de água,
  • cuidar de jardins e plantas externas, para que não acumulem água em suas folhas ou recipientes.

Realizando constantemente essas pequenas ações, é possível evitar a proliferação do mosquito que transmite Dengue, Zika e Chikungunya, promovendo mais segurança e menos riscos para todas as pessoas.

Sintomas

Apesar de serem transmitidas pelo mesmo vetor, Dengue, Zika e Chikungunya são três doenças distintas, causadas por vírus diferentes e, assim, diferem também nos sintomas.

Os principais sintomas da Dengue são febre repentina, dor de cabeça atrás dos olhos, náusea, vômito, dores articulares e musculares, podendo ocorrer também vermelhidão na pele. Porém, o que mais preocupa nessa doença é o risco de que ela evolua e se torne hemorrágica, podendo, nesse caso, levar a óbito. Por isso, os sinais de alerta em relação à Dengue são tontura ao levantar, pressão baixa, evacuação de sangue e dor intensa no abdômen, além de náusea e vômito.

A Zika, por sua vez, tem como principais sintomas vermelhidão e coceira no corpo, com febre e dores menos intensas. As duas características mais preocupante da Zika são quando ela afeta gestantes, pois pode ser transmitida ao feto e causar microcefalia, e a possibilidade de causar alterações neurológicas (como a Guillain-Barré, uma doença neurológica grave caracterizada pela inflamação dos nervos e fraqueza muscular), que podem, inclusive, afetar a capacidade respiratória.

A Chikungunya, por fim, apresenta como sintomas principais febre e dores articulares intensas e prolongadas, podendo evoluir para quadros de artrite. Assim, apesar de não apresentar muitos sintomas e raramente levar a óbito, a Chikungunya também pode acarretar consequências preocupantes e precisa ser prevenida.

Dengue, Zika e Chikungunya

Tratamento

Apesar das diferenças sintomáticas, por serem doenças causadas por vírus, Dengue, Zika e Chikungunya têm tratamento bastante similar: é fornecido ao paciente infectado suporte para amenização dos sintomas, com analgésicos antipiréticos (para reduzir ou evitar a febre) e anti-inflamatórios. São indicados, também, o consumo de muito líquido (preferencialmente água) para a hidratação do corpo e a manutenção de repouso, para que o corpo possa direcionar toda sua energia metabólica para a resolução da virose.

Se quiser mais dicas sobre limpeza e conservação de ambientes, serviços terceirizados, segurança e bem-estar, acompanhe nosso blog! E para entender melhor sobre nossos serviços, acesse nosso site ou entre em contato com a gente!